Home » Nutrição » Como conciliar alimentação e exercícios

Como conciliar alimentação e exercícios

comida saudavel - garfo e prato

 

Quem quer diminuir as medidas e chegar à forma ideal, precisa ter em mente que é necessário adotar hábitos de vida mais saudáveis. A prática de exercícios físicos ajuda – e muito – mas os resultados só são duradouros quando as atividades são conciliadas com uma dieta leve e rica em nutrientes. Para isso, é altamente recomendada a visita a um profissional competente, um nutricionista, que ajude a montar um cardápio que combine com seus treinos físicos e que ajude a chegar ao seu objetivo mais rápido! . Confira:

Dicas para conciliar a alimentação com as atividades físicas

O que comer antes dos exercícios físicos?

Existe um elemento muito importante na prática de exercícios, sejam eles exercícios aeróbicos ou musculação: a energia. É através dela que você pratica as atividades com muito mais ânimo e vontade! Na alimentação, a principal fonte de energia são os carboidratos. Por isso, antes de ir para a academia é fundamental montar um prato com uma boa quantidade de carboidratos complexos, que são ricos em fibras. A aveia, o pão integral, a batata-doce e a quinoa são ótimos exemplos. Também é importante consumir proteínas, que ajudam a aumentar a massa muscular. Antes do treino, elas devem estar em menor quantidade em relação aos carboidratos – para que o organismo não utilize massa magra como fonte de energia. Ovos, queijos brancos e vegetais, como a soja, são algumas das proteínas indicadas.

É importante ressaltar que existe um período de tempo ideal para fazer esta refeição, entre meia hora e uma hora antes do treino. Este é o tempo recomendado para que o organismo consiga absorver os nutrientes consumidos. Além disso, é importante contar com acompanhamento profissional, que ajude a determinar qual é a proporção ideal de carboidratos e proteínas, valores que variam de acordo com a intensidade do seu treino.

O que comer depois dos exercícios físicos?

Também é importante cuidar da alimentação depois que o treino termina. Assim você evita lesões, previne o catabolismo muscular e garante a recuperação das energias. Iogurte desnatado, omelete feito apenas de claras com queijo branco e um bom prato com frango grelhado, arroz integral e legumes são bons exemplos de alimentos adequados para este momento.

É importante que o prato seja composto por proteínas – que atuam na recuperação muscular – e por carboidratos – que ajudam a elevar a insulina no organismo. Depois do treino, o ideal é consumir carboidratos simples, como os encontrados nos sucos de frutas, no mel e nos vegetais. Os carboidratos simples são absorvidos e digeridos mais rapidamente do que os complexos, o que leva a um súbito aumento de glicose no sangue.

Durante o treino: hidratação!

Não se esqueça de manter seu corpo hidratado durante as atividades físicas. Isso é essencial para garantir a eficiência do exercício e o seu bem-estar. O líquido consumido repõe a água perdida durante a atividade, o que é fundamental para evitar a desidratação e garantir um bom rendimento na academia.

Seus hábitos alimentares estão de acordo com as atividades físicas praticadas? Que tal consultar nossa  nutricionistae montar o cardápio ideal para você?

Notícias Relacionadas


terça-feira, 11 de agosto de 2015 | Nutrição


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

*