Luz Intensa Pulsada

O que é a Luz Intensa Pulsada?

estetica-avancada+luz-intensa-pulsada(01)A Luz Intensa Pulsada – LIP é uma nova tecnologia não abrasiva que, assim como o laser, atua através da luz como fonte de calor intensa para o tratamento de lesões superficiais e profundas da pele, como rosto, pescoço, colo e mãos.

A diferença é que a Luz Intensa Pulsada – LIP utiliza-se de um amplo espectro de luz com parâmetros (intensidade, tempo e intervalo) controlados para selecionar apenas o espectro desejado. A seleção desse filtro vai determinar o comprimento de onda e a profundidade da penetração da energia que deverá ser utilizada para cada caso.

Como funciona a Luz Intensa Pulsada?

Preparação pré-aplicação: O tratamento inicia dias antes do tratamento com a aplicação de cremes tópicos (algumas pessoas podem necessitar usar creme clareador por algumas semanas antes do procedimento).e filtro solar indicados sob prescrição médica, a fim de proteger a pele. O local da aplicação não pode estar bronzeado por pelo menos 30 dias antes da aplicação e durante o intervalo das sessões.

Aplicação: Ao contrário das técnicas abrasivas que retiram camadas de pele e atuam de fora para dentro, a Luz Intensa Pulsada – LIP age de dentro para fora através da emissão da luz em camadas superficiais (epiderme) até na camada intermediária da pele (derme) reagindo com a melanina (manchas e sardas), vasos sanguíneos (microvarizes) e até sobre a formação do colágeno (flacidez e rugas). Em alguns casos é utilizada até na fotodepilação (conheça mais sobre nosso método de depilação a laser – Vectus Laser).

Diferente também do laser, que emite um comprimento de onda específico, a luz pulsada utiliza-se de um amplo espectro de energia que atuam em várias profundidades de camada da pele, permitindo tratar diversas lesões em um mesmo momento.

Cuidados pós-aplicação: Durante o procedimento é possível sentir uma leve ardor na pele no momento da aplicação. Após a aplicação, a pele fica geralmente avermelhada, desaparecendo após algumas horas. Geralmente é comum o retorno às atividades logo após o tratamento. Já a tonalidade avermelhada da pele e o inchaço podem permanecer por 2 a 3 dias e o escurecimento das lesões pigmentadas podem durar cerca de uma semana.

Após a aplicação é importante evitar a exposição excessiva ao sol e fazer uso de protetor solar com aplicações diárias de pelo menos 3 vezes ao dia, além de cremes tópicos (cosmiatria) indicada pelo médico para a recuperação da pele.

Indicações

Alterações da pele decorrentes de exposição excessiva ao sol como fotoenvelhecimento da pele, flacidez e pigmentação excessiva (melanoses solares) – melasmas e sardas;

  • Envelhecimento da pele como rugas finas e flacidez no rosto, mãos, colo e pescoço;
  • Manchas amarronzadas na pele conhecidas como manchas senis ou de gravidez;
  • Rosácea: fluxo sanguíneo acentuado no rosto e bochechas;
  • Telangiectasias – vasos dilatados;
  • Estrias avermelhadas;
  • Olheiras.

Áreas tratadas

Rosto, pescoço, colo, mãos, braços, entre outras

Resultados e Número de sessões

Em geral são necessárias de uma a quatro sessões com um intervalo médio de um mês entre as sessões ou segundo avaliação médica.

Os resultados do tratamento podem ser notados após as primeiras sessões, resultando na diminuição das manchas, telangectasias faciais, rejuvenescimento facial (aumento da produção do colágeno e rugas finas) ou mais de um deles ao mesmo tempo, já que através do espectro ampliado podem ser tratados em uma mesma sessão.

Avaliação e Valores

Somente sob consulta médica