PEELING DE ÁCIDO SALICILICO - VITACLIN

Peeling de Ácido Salicilico

VitaclinEstética FacialPeeling de Ácido Salicilico

Peeling de Ácido Salicilico

Conheça o peeling de ácido salicílico, importante tratamento para oleosidade e outros problemas na pele!
Experiência VitaclinEm nossa clínica prezamos pelo excelente atendimento com atenção e carinho desde a avaliação e recepção, às salas de procedimento e finalização do tratamento.
ResultadoEliminar acne, oleosidade, melhora na dermatite, eliminar manchas na pele, espinhas e poros aparentes.
TempoO tempo da sessão e da ação do produto, poderá variar de acordo com a necessidade de cada paciente. Em geral são necessários de 5 a 10 minutos para retirar o produto que foi aplicado anteriormente para preparar a pele.
Retorno às atividadesNão é necessária ausência do trabalho ou das atividades cotidianas. No entanto, é preciso realizar os cuidados indicados pelo profissional responsável.
EspecialistasO profissional capacitado e com excelente experiência, irá realizar e acompanhar todo o procedimento, para proporcionar excelentes resultados.
Frequência do tratamentoSão necessárias entre 3 a 6 sessões do procedimento, podendo variar de acordo com a avaliação do profissional responsável.
Antes e depoisRealizando seu procedimento com a VItaclin pode acompanhar a evolução do procedimento, através do nosso registro fotográfico, realizado após cada sessão.Realizando seu procedimento com a VItaclin pode acompanhar a evolução do procedimento, através do noss
Sensação de dorPara este procedimento não é necessário anestesia ou sedação. No entanto, o procedimento pode causar sensação de ardência e queimação, devido ao produto utilizado.

Informações básicas

 O que é peeling de ácido salicílico? 

        O peeling de ácido salicílico é um procedimento estético e dermatológico que utiliza um composto químico com ação queratolótica e esfoliante. O produto é capaz de afinar a pele, aliviar cicatrizes  e rugosidades.

Além disso, o procedimento pode ser realizado para promover o tratamento de acnes, dermatite seborreica (vermelhidão e descamação da pele) e doenças como a psoríase.

A realização de procedimentos estéticos e dermatológicos tem ganhado cada vez mais interessados. A pele é um dos maiores órgãos do corpo humano e, por essa razão, merece cuidados especiais.

Cada pessoa possui um tipo de pele diferente, formado a partir da genética de cada um. No entanto, alguns hábitos e fatores ambientais podem prejudicar a qualidade da pele, levando os pacientes a buscarem tratamentos como o peeling de ácido salicílico.

Sobre o tratamento

• Como é realizado o peeling de ácido salicílico?

A realização do peeling de ácido salicílico tem início dias antes do procedimento em si. A preparação é realizada pelo próprio paciente, em um processo conhecido como pré-peeling, ou cosmiatria.

Essa preparação envolve a aplicação de alguns cremes tópicos que devem ser indicados pelo profissional responsável. O objetivo é deixar a pele mais aberta e otimizar os resultados do peeling.

Após a preparação da pele, o médico deve limpar a pele do paciente cuidadosamente. Em seguida, o produto que contém o ácido é aplicado em pequenas áreas da pele.

A substância deve agir por cerca de 5 a 10 minutos até que seja neutralizada com água. O tempo de ação do ácido pode variar de acordo com a determinação do dermatologista responsável.

A pele pode ficar avermelhada e sensível após a realização do peeling de ácido salicílico. Em alguns casos também pode ocorrer descamação da pele alguns dias após a aplicação do produto.

• Quais as vantagens do peeling de ácido salicílico?

O peeling de ácido salicílico é um tratamento estético que promove uma série de vantagens e benefícios para a pele dos pacientes, desde que seja realizado de forma adequada por um profissional qualificado.

O produto utilizado no peeling de ácido salicílico possui ação esfoliante, dissolvendo as células mortas e a pele escamosa. Além disso, remove a sujeira da superfície da pele e dos poros.

O procedimento também é eficaz no combate a acne, já que o produto ajuda a reduzir as inflamações, desobstrui os poros e possui ação antiolesidade, uma das causadoras das acnes.

O tratamento ainda é vantajoso porque promove ação anti-envelhecimento. O ácido salicílico aumenta a renovação celular, o que acelera o crescimento da pele e a reparação das células danificadas.

• Quais os cuidados após o peeling?

Após a realização do peeling de ácido salicílico, a pele fica mais suscetível à ação dos raios ultravioleta. Por esse motivo, é fundamental que os pacientes façam uso de proteção solar e que evitem a exposição ao sol.

O produto utilizado durante o tratamento pode ocasionar o ressecamento da pele. Dessa forma, é importante investir em uma boa hidratação. Pacientes que possuem a pele muito seca devem obter orientação profissional antecipadamente.

• Quanto tempo dura o peeling de ácido salicílico?

O tempo de duração do procedimento varia de pessoa para pessoa. Em geral, são necessárias de 3 a 6 sessões do peeling com ácido salicílico. O profissional responsável deve avaliar a pele para definir a quantidade de aplicações.

O tempo de ação do agente químico utilizado também pode variar. No caso do peeling com ácido salicílico, a duração é de cerca de 5 a 10 minutos até que seja retirado com água.

Perguntas frequentes

• Peeling com ácido salicílico é feito apenas no rosto?

Não. O peeling de ácido salicílico, assim como outros tipos de peeling, pode ser realizado em outras partes do corpo. As costas, os glúteos e até o posterior das coxas também podem ser submetidos ao procedimento.

• Quando o peeling de ácido salicílico é contraindicado?

É importante que um profissional avalie cada caso. De modo geral, o procedimento não é recomendado para pacientes com pele muito sensível, que possuam algum tipo de ferimento ou que sofram com herpes ativo.

Além disso, mulheres grávidas e pessoas que possuam alguma sensibilidade ao ácido acetilsalicílico não devem realizar o tratamento. Nesses casos, é preciso buscar uma alternativa mais segura e igualmente eficiente.

• Peeling de ácido salicílico dói?

A realização do peeling de ácido salicílico não necessita de anestesia ou sedação do paciente. No entanto, a aplicação do produto pode ocasionar sensação de ardência e queimação, que desaparecem em pouco tempo.

• Posso tomar sol após fazer peeling químico?

Os raios solares são os principais responsáveis pelo fotoenvelhecimento da pele. Após a realização do peeling, a pele acaba ficando mais suscetível aos efeitos causados pelo sol.

Por esse motivo, é fundamental que os pacientes submetidos ao tratamento evitem exposição aos raios ultravioleta. Além disso, é essencial que façam uso de protetor solar com um fator alto, indicado por um dermatologista.

• Os resultados do peeling são imediatos?

Não. Após a aplicação do peeling de ácido salicílico a pele fica avermelhada e descama. Os resultados do tratamento apenas são visíveis quando ocorre a renovação da pele, entre 10 a 15 dias após o procedimento.

• Posso fazer peeling de ácido salicílico em casa?

O ideal é que o peeling de ácido salicílico seja realizado em um consultório dermatológico ou clínica estética. Desse modo, é possível avaliar a pele de cada paciente para evitar reações desagradáveis após a aplicação.

Em alguns casos, no entanto, é possível utilizar cremes que possuam algum grau de ácido salicílico em sua composição. Da mesma forma, é preciso que o creme seja indicado por um especialista, considerando o tipo de pele do paciente.

• Como potencializar os efeitos do peeling?

Para que o peeling de ácido salícilico tenha bons resultados é preciso seguir as recomendações médicas. Além do uso de filtro solar, algumas dicas devem ser seguidas antes e após a realização do tratamento.

É importante higienizar corretamente a pele com produtos específicos. A alimentação também contribui para a saúde da pele. Invista em uma dieta rica e balanceada.

Consuma bastante água e hidrate a pele com cremes próprios para essa finalidade, de acordo com o seu tipo de pele. Hábitos como o consumo excessivo de álcool e tabaco também comprometem a saúde da pele.

• Em qual frequência devo fazer peeling com ácido salicílico?

A frequência com que os peelings são realizados é definida pelo médico dermatologista responsável. De modo geral, é aconselhável que sejam realizados de forma mensalmente.

• Apenas pessoas mais velhas podem fazer peeling?

Não. Pessoas mais jovens já podem realizar a aplicação do peeling de ácido sallicílico. Afinal, a oleosidade e a acne acometem pessoas de todas as idades, exceto crianças.

• Limpeza de pele e peeling são a mesma coisa?

Ambos os tratamentos são efetivos e podem ser combinados, mas não são a mesma coisa. A limpeza de pele é mais superficial. O procedimento consiste em remover cravos e o acúmulo de sebo nos folículos da pele, no rosto e costas.

O peeling de ácido salicílico, assim como outros tipos de peeling, consiste em uma descamação da pele, para haja renovação celular e a suavização de marcas e outros sinais causados por acnes e pelo envelhecimento.

• Qual a diferença do peeling físico para o peeling de ácido salicílico?

O peeling de ácido salicílico é considerado um peeling químico. Esse tipo de peeling utiliza uma substância química que tem o objetivo de remover marcas, manchas e linhas de expressão.

Já o peeling chamado de físico é realizado com base em processos mecânicos. São exemplos de peelings físicos: a microdermoabrasão, a dermoabrasão e o laser.

• O que é ácido salicílico?

O peeling de ácido salicílico é um procedimento estético que utiliza uma um  beta hidroxiácido. Esse composto possui propriedades querotolíticas, uma característica que desobstrui os poros e acaba com os cravos.

Além disso, o ácido salicílico utilizado durante o peeling possui ação seborreguladora e anti-inflamatória, que são fundamentais em tratamentos de controle da oleosidade da pele e das lesões causadas pelas espinhas.

• Peeling de ácido salicílico pode ser feito em qualquer pele?

Não. Pacientes que possuem pele muito sensível nem sempre podem realizar esse tipo de procedimento. Apesar disso, é importante consultar um especialista para que o profissional passe as orientações adequadas.

No caso da pele negra, a aplicação do peeling de ácido salícilico ou outros tipos de substâncias podem ocasionar manchas na pele. Por essa razão, é preciso consultar um dermatologista antes de realizar o tratamento.

• Devo procurar auxílio de um dermatologista ou esteticista?

A escolha do profissional adequado para resolver problemas estéticos é uma dúvida constante entre os pacientes. Afinal: é melhor consultar um dermatologista ou uma esteticista?

Os dois profissionais são preparados para a realização de procedimentos estéticos. No entanto, o dermatologista é um médico que possui especialização nos cuidados com a pele, cabelos, unhas, entre outros.

Já o esteticista é um profissional que possui conhecimentos técnicos em procedimentos estéticos e cuidados com a pele. O esteticista não está apto a realizar diagnósticos nem recomendar medicamentos, por exemplo.

No caso da realização do peeling de ácido salicílico, é recomendável que um dermatologista avalie previamente a pele do paciente. Essa avaliação é importante para que a aplicação do ácido não prejudique a pele.

• Qual a profundidade do peeling de ácido salícilico?

A maioria dos peelings químicos e físico-mecânicos é dividida de acordo com a profundidade atingida da pele. Em geral, os peelings podem ser: superficiais, médios e profundos.

O peeling químico superficial atinge uma camada pouco profunda da pele. O tratamento é indicado para manchas superficiais, poros dilatados e sardas, peles sem brilho, secas ou cansadas.

Os peelings do tipo médio, por sua vez, atingem uma camada mais profunda da pele. O procedimento é realizado em pacientes com manchas mais profundas, cicatrizes de acne, rugas finas e peles envelhecidas pelo sol.

Já os peeling profundos, como o nome sugere, são realizados em pessoas que apresentam peles muito envelhecidas, com manchas, rugas e cicatrizes de acnes que agitem camadas mais profundas da pele.

• Quanto custa um peeling de ácido salícilico?

O valor cobrado pela realização de um peeling de ácido salícilico pode variar por diversas razões. Por exemplo, o número de sessões até que sejam obtidos os resultados esperados é um dos principais fatores.

Além disso, a concentração de ácido salicílico utilizada, a marca do produto, o profissional responsável pela aplicação e o local onde o procedimento será realizado também podem influenciar a variação nos preços cobrados.

• Posso trabalhar após realizar o peeling químico?

Depende. Em alguns casos, a pele do paciente submetido ao peeling de ácido salicílico pode apresentar bastante vermelhidão e sensibilidade. Nessa situação, é importante deixar a pele repousar para acelerar a recuperação.

Exercícios físicos também devem ser moderados durante a recuperação. De toda forma, é preciso ouvir a orientação do profissional que realizou o procedimento.

• Posso puxar a pele que estiver descamando?

A maior parte dos peelings promove uma descamação da pele afetada. A descamação faz parte do processo e é essencial para que haja renovação da camada da pele atingida pelo tratamento.

Puxar a pele de forma inadvertida pode ser bastante prejudicial. A retirada incorreta da pele descamando pode ocasionar lesões e ferimentos que podem infeccionar, causando ainda mais transtornos.

• Cremes com ácido salicílico têm a mesma ação do peeling?

Muitos cremes dermatológicos e produtos cosméticos possuem ácido salicílico em suas composições. No entanto, não agem tão profundamente como o peeling de ácido salicílico.

A concentração de ácido utilizada no peeling de ácido salicílico é bem mais alta do que a encontrada em produtos cosméticos e dermocosméticos. Os dois tratamentos são válidos, mas é preciso avaliar cada caso de individualmente.

• Peeling de ácido salicílico rejuvenesce a pele?

Os peelings químicos são realizados com o objetivo de reduzir ou mesmo eliminar os principais sinais do envelhecimento da pele e as consequências de acnes e da oleosidade.

Por essa razão, os resultados obtidos após a realização do peeling de ácido salicílico costumam deixar a pele dos pacientes mais renovada e com uma aparência mais rejuvenescida.







ATENDIMENTO ON-LINE LIGUE AGORALIGUE AGORA 41 3026.2626
AGENDE SUA AVALIAÇÃO GRÁTIS

Agende sua Avaliação Grátis e saiba mais sobre estes e outros tratamentos de Estética Avançada Vitaclin.



RECEBA NOSSAS NOVIDADES E OFERTAS


Receba nossas
novidades e ofertas




MAIS BUSCADOS

Limpeza de pele por hidrossucção
Toxina Botulínica
Peeling de Ácido Retinóico
Celulite
Depilação a Laser
Gordura na axila
Carboxiterapia
Vita Lipo

MAIS ACESSADOS

Preenchimento com Ácido...
Estrias
Calvície
Peeling medios
Rugas
Luz Pulsada
Escleroterapia
Mesoterapia

PROCEDIMENTOS

Estética Facial
Estética Corporal
Spa/Massagem
Depilação a laser

INSTITUCIONAL

Sobre Nós
Fale Conosco

AVALIAÇÃO GRATUITA

41 3026.2626
41 98777.0003

Av Sete de Setembro, 5881 Batel, Curitiba - PR